Arthur Virgílio Neto lamenta pelo compartilhamento de notícias falsas durante a pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

O ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), esclarece que é falsa a notícia que vem sendo compartilhada em grupos de conversas instantâneas nesta segunda-feira, 11 de janeiro, sobre ter fechado 300 unidades básicas de saúde em outubro do ano passado, quando ainda exercia o cargo de chefe do Executivo municipal, bem como também não procede a demissão de servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

“Nunca fechamos UBSs ou demitimos servidores da linha de frente da Atenção Básica, pelo contrário, ampliamos o atendimento, entregamos novas unidades de saúde e contratamos mais profissionais. Crescemos a cobertura da rede municipal de saúde de Manaus, mesmo durante a pandemia, encerrando o ano de 2020 com quase 70% de alcance da população que utiliza o SUS. É lamentável ver como algumas pessoas agem de má-fé, espalhando notícias falsas para prejudicar não só minha imagem, mas a população”, declara Arthur.

Além de entregar novas e modernas Clínicas da Família, três somente em dezembro, a gestão de Arthur Virgílio Neto também implementou quatro unidades móveis de saúde, que levam os serviços primários de saúde aos chamados ‘vazios assistenciais’ em comunidades carentes, e ainda duas UBSs Fluviais, que atendem centenas de famílias que residem na área ribeirinha da capital amazonense, incluindo comunidades indígenas. Todas essas estratégias foram fundamentais para fortalecer as ações de prevenção e combate da pandemia em Manaus, intensificando a triagem de casos suspeitos da Covid-19.

Vale destacar que, durante o primeiro pico da pandemia em Manaus (abril e maio de 2020), o ex-prefeito Arthur Neto criou o Hospital de Campanha Municipal, em parceria com a iniciativa privada, como forma de ampliar a oferta de leitos de UTI diante do colapso da rede estadual de saúde, que responde pela alta e média complexidade.

“Tenho a plena consciência de que cumpri o meu papel, estive na linha de frente do combate à pandemia e busquei todas as medidas possíveis para ampliar a capacidade de atendimento à população”, afirma o ex-prefeito. “Infelizmente, a luta contra o Novo Coronavírus não é uma tarefa fácil e vivemos um novo pico. O momento agora seria de união, de busca por soluções, e não para criar mentiras”, finaliza Virgílio.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print