‘Aula em Casa’: municípios do AM terão estratégias diferenciadas para que alunos acompanhem as aulas

Ano letivo da rede estadual iniciou na última quinta-feira (18/02)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

O Ano Letivo 2021 da rede pública estadual de ensino iniciou de forma remota, na última quinta-feira (18/02), para 400 mil alunos em todo o Amazonas. Na capital e em municípios próximos, os estudantes podem assistir ao “Aula em Casa” pela TV aberta e internet, por meio da plataforma Saber+, YouTube e aplicativo do projeto. Já em cidades e comunidades mais distantes, onde há dificuldade de conectividade, os alunos devem seguir as orientações das suas escolas.

Para esclarecer qualquer dúvida, o estudante pode entrar em contato com as equipes da sua unidade e da Coordenadoria Regional de Educação (CRE) do município. Elas estarão disponíveis para esclarecer todos os questionamentos e ajudar o aluno a acompanhar os conteúdos do “Aula em Casa”.

 

De acordo com a secretária-executiva adjunta do Interior, professora Ana Maria Araújo, cada município possui a sua particularidade, que deve ser respeitada. “Nenhum município é igual, cada um possui a sua realidade. Por isso, tivemos de traçar estratégias que atendessem a essas especificidades, com o intuito de atender a todos os estudantes da rede estadual”, destacou a secretária.

 

Ela afirma, ainda, que é necessária a colaboração de toda a comunidade escolar para que o ano letivo ocorra da melhor maneira possível. “Nossas escolas e coordenadorias estão à disposição de todos que tenham dúvidas acerca do ‘Aula em Casa’ e de como acompanhá-lo. Neste ano, nosso objetivo é atender ainda mais alunos, estamos confiantes”, concluiu.

 

Novidades

 

Neste ano, o “Aula em Casa” contará com algumas novidades, como o Caderno Digital. O guia de estudos estará disponível para os professores e estudantes da rede pública, que deverão utilizá-lo para exercitar e reforçar os conteúdos trabalhados. Em Manaus, o caderno será distribuído de maneira on-line e, nos municípios do interior do estado, de forma física.

 

Além disso, a Secretaria de Educação lançará, também, podcasts com as aulas do projeto, que serão reproduzidos nas rádios locais. Em breve, a pasta divulgará mais detalhes sobre essas duas iniciativas.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print