E-mails também podem ser usados para receber o Aula em Casa no AM

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print
Foto: Lincoln Ferreira/Seduc-AM

O e-mail institucional da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, em parceria com a Google, é uma ferramenta importante nesta retomada às aulas remotas e, agora, gestores, professores e alunos já podem ativar o seu. Com o endereço eletrônico Gmail, serviço gratuito de webmail da empresa de tecnologia, eles têm acesso a um extenso pacote de plataformas e serviços que servirá de apoio às atividades propostas pelo “Aula em Casa”, iniciado na última quinta-feira (18/02).

O serviço é disponibilizado pela rede de maneira gratuita a todos os servidores e estudantes. Gestores e estudantes podem criar as suas contas no Portal Educacional, por meio do link www.portaleducacional.seduc.am.gov.br. Ao entrar no site, basta clicar em “Ativar Conta Institucional” (gestores), à esquerda da tela principal. Já os alunos deverão acessar o banner em que está escrito “Conectar”, situado à esquerda. Após clicar em um dos links, é só seguir o passo a passo para criar e ativar o e-mail institucional.

No caso dos professores, o site buscado deve ser o www.conectar.seduc.am.gov.br. Ao acessá-lo, basta selecionar a opção “Docente”, inserir o CPF e, também, dar continuidade às orientações.

Dentre as ferramentas que gestores, professores e estudantes terão acesso, estão: Google Sala de Aula, plataforma que permite que alunos e professores tenham aulas virtuais; Hangouts, ferramenta de comunicação que inclui mensagens instantâneas, chat de vídeo, SMS e Voip; e Meet, que permite a realização de videoconferências com até 100 participantes e duração de 60 minutos.

“Com o retorno do ensino remoto, por conta da pandemia da Covid-19, toda ferramenta de comunicação é válida. Na conta Gmail, por exemplo, alunos e professores têm acesso a várias plataformas que, de certeza, serão de grande ajuda para promover aulas, encontros e atividades”, afirmou a gerente de Mídias e Conteúdos Digitais do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), Sabrina Araújo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print