Brasil terá 9 feriados ao longo de 2021 que podem estimular o turismo doméstico

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print
Datas devem movimentar milhares de viajantes pelo país e girar a roda econômica do setor

Um dos destaques do início da retomada do turismo brasileiro no ano passado, os feriados nacionais são a grande aposta para a guinada do setor em 2021. Neste ano, eles serão responsáveis por nove dias de descanso, sendo três deles prolongados, caso do último dia 1º de janeiro (sexta-feira), dia da Confraternização Universal. Para se ter uma ideia, só nos três últimos feriados de 2020, mais de 6 milhões de pessoas viajaram pelos principais destinos turísticos do país e movimentaram a economia desses locais.

Além do feriado de janeiro, outros dois prolongarão os dias de descanso dos brasileiros: Paixão de Cristo (02.04) e Proclamação da República (15.11). Outros quatro cairão no meio da semana: Tiradentes (21.04), Independência do Brasil (07.09), Nossa Senhora Aparecida (12.10) e Finados (02.11). Os demais, Dia do Trabalho (01.05) e Natal (25.12) serão celebrados no sábado. O período do Carnaval (15, 16 e 17 de fevereiro) e Corpus Christi (03.06) são considerados ponto facultativo.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado, as viagens nestes períodos darão mais ânimo para o setor durante a retomada. “Um brasileiro viajando é um empreendimento aberto, é emprego e renda para milhares de pessoas. Esses feriados irão nos ajudar a começar a trazer aqueles bons índices que estávamos alcançando antes da pandemia. Tenho certeza que o Brasil e os brasileiros estão prontos para a retomada segura das atividades turísticas”, declarou.

Com o objetivo de auxiliar a retomada de atividades do setor seguindo requisitos de biossegurança, o Ministério do Turismo lançou, em junho, o selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro”. O órgão publicou protocolos sanitários recomendados a 15 segmentos que integram o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), além de um conjunto de orientações a visitantes. Atualmente, o certificado já foi emitido por mais de 24,6 mil estabelecimentos turísticos do país.

*Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print