Calendário de aulas da rede estadual é o mesmo para capital e interior

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Os pais e responsáveis de estudantes das 61 municípios do interior do Amazonas devem ficar atentos ao calendário para o Ano Letivo de 2021, divulgado na última semana pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto. Ele é válido para todo o estado, assim como as orientações de não comparecer a qualquer unidade escolar até o início das aulas, ainda sem data definida.

Todo o cronograma será seguido de forma on-line, sem a necessidade de se deslocar até a escola, como nos outros anos. Aqueles que não tiverem acesso à internet serão atendidos nas coordenadorias regionais de cada município, a partir do dia 22 de janeiro. Cada município vai estipular as datas de atendimento.

“Nós estamos orientando que os pais e responsáveis entrem em contato com as Coordenadorias Regionais, para evitar sair de casa sem necessidade. No interior, a comunicação é muito mais fácil e rápida, então eles devem ficar atentos às orientações das coordenadorias para o atendimento”, explica o secretário de Educação em exercício, Luis Fabian Barbosa.

O procedimento de rematrícula já foi feito pelas escolas de maneira automática no período de 28 de dezembro a 7 de janeiro. Todos os estudantes que estavam matriculados no ano letivo de 2020 têm vaga garantida nas escolas em que estavam, sem necessidade da presença de pais e responsáveis nas unidades de ensino.

De 22 a 25 de janeiro será o período de transferência, quando os interessados podem solicitar, pelo site www.matriculas.am.gov.br, a mudança de unidade de ensino. As escolas estão orientadas a aceitar o pedido, caso haja vagas, e confirmar a matrícula. O segundo momento, que é o da apresentação de documentos de maneira presencial, ocorrerá somente no início das aulas, que ainda não tem data definida.

O período de solicitação de transferência para alunos com deficiência será nos dias 20 e 21 de janeiro.  Do mesmo modo, não é necessário ir até as escolas neste período.

Os estudantes que perderem os prazos poderão realizar qualquer um dos procedimentos no dia 2 de fevereiro, estando sujeito à disponibilidade de vagas na unidade escolhida. O procedimento também será feito pela internet.

Reordenamento – Os responsáveis pelos alunos que já são da rede pública estadual e serão reordenados, ou seja, que estudarão em outra unidade de ensino porque a atual não possui a série que cursarão em 2021, também não precisam se preocupar em apresentar documentação agora. Todos os documentos serão aceitos na primeira semana de aula.

 

O procedimento também foi realizado de maneira automática pela secretaria. Os alunos foram aceitos nas escolas de destino e, caso os pais queiram solicitar a mudança de escola, isso poderá ser feito no período de transferência comum.

Novos alunos

O período de matrículas para novos alunos da rede pública de ensino municipal e estadual será de 29 de janeiro a 1º de fevereiro. O procedimento poderá ser realizado via internet, por meio do site www.matriculas.am.gov.br.

Novos alunos com deficiência poderão realizar a reserva de vaga antecipadamente, nos dias 26 e 27 de janeiro, também via web. Os documentos para a matrícula serão apresentados no início das aulas.

Cadastro

Para os alunos novatos na rede pública de ensino, a primeira etapa para solicitar a matrícula é o cadastro on-line dos responsáveis, que já pode ser feito no site. Basta inserir o nome, e-mail e CPF do responsável. O sistema enviará um código para a caixa de entrada do e-mail informado, e esse código deve ser inserido na tela de cadastro inicial. Só depois dessa etapa será possível dar seguimento ao cadastro do responsável e do aluno.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print