Doze municípios da Região Metropolitana de Manaus retornam com aulas presenciais, na segunda-feira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Cinquenta mil alunos da rede estadual retornam, a partir de segunda-feira (23/11), às aulas presenciais, em 12 municípios da Região Metropolitana de Manaus (RMM). Assim como aconteceu na capital, no último mês de agosto, a retomada no interior acontecerá com atividades remotas e presenciais e respeitando uma série de protocolos de segurança em saúde, estipulados em conjunto pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto e pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Retornam às aulas presenciais, na segunda-feira, 73 escolas dos seguintes municípios: Itacoatiara, Manacapuru, Novo Airão, Iranduba, Rio Preto da Eva, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Autazes, Presidente Figueiredo, Silves, Itapiranga e Manaquiri. O retorno é válido para estudantes dos ensinos Fundamental e Médio.

Todas as unidades da rede estadual dessas cidades foram devidamente adequadas para a retomada das atividades, com a instalação de pias e dispositivos de álcool gel/sabão e a sinalização, em todos os ambientes das escolas, dos principais protocolos de segurança em saúde, destacando as medidas de distanciamento social, higienização correta das mãos e uso obrigatório de máscaras de pano.

Nas salas de aula também foram feitas adequações: as carteiras foram reorganizadas respeitando o distanciamento seguro e a nova quantidade de alunos por turma (de 50%). E, nos refeitórios, sinalizações indicam onde sentar e não sentar.

Assim como aconteceu em Manaus, as turmas do interior foram divididas em blocos (A e B), que se revezarão entre as atividades presenciais e as remotas. Às sextas-feiras, não haverá aula nas unidades, sendo esse dia reservado para o Horário de Trabalho Pedagógico (HTP) dos professores. A decisão, no entanto, não implica que os estudantes não terão atividades pedagógicas para realizar em casa.

As equipes escolares do interior já informaram aos alunos os blocos aos quais eles pertencem. Caso o estudante ou o pai/responsável não saiba, ainda, ele pode entrar em contato com a gestão da escola. É importante que todos se mantenham atentos aos meios de comunicação (telefone, aplicativos de mensagem instantânea etc.) para que recebam as devidas orientações a respeito do retorno das aulas.

blank

Proteção

As máscaras de pano, juntamente com o álcool gel, são os itens mais eficazes no combate ao novo coronavírus (Covid-19). Por isso, no primeiro dia de aula, a Secretaria de Educação distribuirá duas máscaras para cada estudante. O item deverá ser trocado na metade do dia e levado para casa, para ser lavado corretamente com água e sabão.

Embora a distribuição das máscaras aconteça logo no primeiro dia de atividades, é fundamental que o aluno vá à escola usando uma, cobrindo toda a boca e o nariz.

Temperatura

Outra mudança importante adotada pela Secretaria de Educação é o aferimento da temperatura corporal de toda a equipe escolar. Ao chegarem na unidade de ensino, os alunos terão a sua temperatura aferida.

Aqueles que registrarem acima de 37,5º C deverão aguardar, repetir a medição e, caso ainda siga alta, serão encaminhados por um funcionário para aplicação do protocolo de segurança, que consiste em isolar o estudante dos demais e acionar os pais e ou responsáveis.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print