Homenagens celebram 100 anos da escritora Clarice Lispector nesta quinta

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print

Esta quinta-feira, 10, marca o centenário de nascimento da escritora Clarice Lispector. A autora se consagrou como uma das maiores escritoras de língua portuguesa de todos os tempos.

Neste ano especial, muitas homenagens serão realizadas, como o lançamento da edição comemorativa da obra “A Hora da Estrela”, pela editora Rocco. A reedição tem posfácio do filho de Clarice, Paulo Gurgel Valente. A editora relançou toda a obra da escritora, com novas capas e posfácios inéditos, com publicações que começaram em 2019, conta o Portal A Tarde.

“Quem começa a ler Clarice Lispector vai perceber a sensibilidade e leveza, sem deixar de ser profunda e intensa acerca da vida, da relação interpessoal”, é o que garante o leitor assíduo das obras da escritora, o advogado Fábio Oliveira, de 42 anos. “Gosto muito da obra ‘Laços de Família’. Ela realiza uma leitura singular das relações familiares, a vida cotidiana dos seus membros, suas visões de mundo. É um livro simbólico e mantem a sensibilidade como um sinal de sua obra”, declarou o leitor.

A aposentada Silvia Rodrigues relatou sua admiração por Clarice Lispector. “Ela tende a ser simples, natural e espontânea, quando registrava o que sentia através de palavras. Clarice influenciou a minha vida de forma positiva, a partir do seu estilo intimista de interagir com seu público,através da literatura, seja pela desconstrução de preconceitos, de todos os segmentos, seja pela forma ampliada de enxergar o lugar da mulher dentro do sentimento amoroso, dentro da sociedade, além dos conflitos do cotidiano”.

Mais homenagens

Em Salvador, o Centro Histórico recebe, a partir das 10h, os artistas Raphael Ribeiro, Oliver Dórea e Mário Edson para a concepção ao vivo de um painel grafitado, em homenagem a Clarice Lispector.

De acordo com o curador e fotógrafo Mário Edson, Clarice Lispector tem bastante influência no seu trabalho.

“Comecei a acompanhar Clarice depois que li a obra ‘A Hora da Estrela’, que me marcou muito pela abordagem que ela fez com as mulheres e, inclusive, com o Nordeste. Depois que li, fiquei curioso em pesquisar sobre a vida dela e fiquei impressionado com a sutileza nas questões psicológicas que ela aborda, inclusive em relação às mulheres. A partir daí, a escritora está presente nos meus trabalhos”, declarou o curador.

Integrando o projeto Clarices, o painel grafitado será produzido no ME Ateliê de Fotografia, no Santo Antônio Além do Carmo , na ladeira do Boqueirão, nº 6. O evento conta também com a performance artística de Iêda Dias, em “Fragmentos de uma Solidão”.

Programação on-line

Uma programação on-line também está sendo preparada para os admiradores de Clarice Lispector. A editora Rocco realiza uma live nesta quarta, às 11h, com a biógrafa de Clarice, Teresa Montero. Ela vai falar sobre a vida da escritora. Teresa está preparando o relançamento de “Eu sou uma pergunta: Uma biografia sobre Clarice Lispector”, em edição revisada e ampliada.

Logo depois, será exibido o vídeo de Zélia Duncan fazendo uma leitura do livro “Todas as Cartas”, lançado em setembro deste ano. O editor da obra, Pedro Vasquez, também fará live às 14h sobre o trabalho de editar a literatura clariceana. Às 15h, no Facebook da Rocco, será retransmitido o debate de Guiomar de Grammont com Nélida Piñon, no Fórum das Letras de Ouro Preto. Às 19h, será exibido um minidocumentário com Victor Burton sobre o novo projeto gráfico dos livros da Clarice para o Centenário.

Para fechar o dia, a vigília Clarice 100 anos vai promover um sarau virtual com a participação do público, que vai começar às 22h, coordenado pelo João do Corujão.

Toda programação vai ser exibida nas redes sociais da editora Rocco.

Inteligência Artificial

Nesta quinta, o serviço de voz Amazon Alexa contará aos usuários curiosidades sobre a vida e obra da Clarice, a quem lhe disser “Alexa, bom dia!”. E a partir desta data, clientes poderão pedir “Alexa, me diz uma frase de Clarice Lispector” ou “Alexa, qual a frase de hoje da Clarice”, para a inteligência artificial recitar frases retiradas dos livros da autora. Também será possível perguntar à Alexa sobre a escritora e saber, por exemplo, que muitas vezes era chamada de bruxa ou feiticeira por conta de sua personalidade misteriosa.

Sobre Clarice Lispector

Nascida Chava Pinkhasovna Lispector, na Ucrânia, em 1920, Clarice Lispector estreou com o romance Perto do Coração Selvagem (1943), em que mostrou ao mundo sua escrita peculiar e inovadora, permeada pelo fluxo de consciência. Além de romancista, a autora dos aclamados A Paixão Segundo G.H. (1964) e A Hora da Estrela (1977), mais tarde adaptado para o cinema, destacou-se também como contista, com a publicação de títulos como Laços de Família (1960) e A Legião Estrangeira (1964). Clarice Lispector também escreveu várias obras para o público infanto-juvenil. Morreu no dia 9 de dezembro de 1977, véspera de seu aniversário de 57 anos, vítima de um câncer.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on email
Share on print